Vinicios Torres

Tempo de Morrer

“Tudo tem o seu tempo determinado, há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer;” (Eclesiastes 3:1,2)

Quando se lê essa passagem imediatamente vem a mente o tempo da nossa vida e, provavelmente, é isso mesmo que o autor quisesse se referir: a duração da nossa existência. Mas, o restante do arrazoado do texto nos permite interpretar de uma maneira um pouco mais livre.

Podemos entender que para todo o propósito que se estabeleça durante a nossa vida, há tempo para eles nascerem, ou seja, quando começamos a perseguir e realizar o propósito estabelecido, seja um projeto, uma etapa na vida escolar, uma carreira profissional. Tudo isso tem um tempo de começar, ou de nascer.

O propósito, uma vez atingido, realizado ou conquistado, chega a seu fim. É hora de ele morrer. Chegou o fim de seu tempo. É o momento de resignificar, redirecionar ou procurar outro propósito.

No decorrer da minha vida vi diversos ministérios e projetos que agonizaram por não compreender essa dinâmica. Não compreenderam que era hora de morrer. Era o momento de entender que ou o propósito já não existia mais ou o ministério/projeto se mostrava inadequado para seguir adiante. Neste momento final deve-se tomar a decisão do que fazer: extingue-se o projeto simplesmente, ou conjuga os recursos e esforços a outro projeto que seja mais relevante.

Há 19 anos iniciamos o envio das mensagens devocionais por esta canal, porque entendia a importância do cristão estar se expondo à Palavra de Deus periodicamente, de maneira sistemática e disciplinada. A ideia inicial era enviar um e-mail diário, mas a prática demonstrou que não seria efetivo. Decidimos então enviar 3 vezes durante a semana. Entendemos que esse propósito era relevante pois naquela época a internet ainda tinha poucos recursos de boa qualidade e o acesso das pessoas a eles era mais difícil.

O tempo passou e hoje o que não falta é disponibilidade de materiais, de mensagens, cursos, vídeos, etc. Antigamente, um cristão ouvia uma pregação duas vezes por semana na igreja; hoje, ele ouve duas em cada período do dia pela internet.

Entendi, então, que o propósito para o nosso serviço de devocionais já não existe mais.

Assim como nosso projeto foi iniciado é importante que ele seja corretamente encerrado. Creio que durante o tempo que estivemos ativos muitas pessoas foram tocadas, orientadas, estimuladas em sua fé e compromisso com Deus e Sua Palavra. Considero, por isso, que o propósito foi atingido.

“ICHTUS Devocional – Uma Parceria Diária com Deus” termina.

O site permanece e a nossa lista continua ativa. Usaremos ela para comunicar os novos propósitos que Deus nos colocar no coração.

Vinicios Torres

Pr. Mário Fernandez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *