Vinicios Torres

Insatisfação Midiática

“Sejam agradecidos a Deus em todas as ocasiões” (1 Tessalonicenses 5:17)

Às vezes a gente recebe sabedoria de lugares inusitados. Hoje recebi um e-mail do blogue do Set Godin, guru de marketing americano, que me fez pensar. Traduzi rapidamente para você aqui:

O motor do nosso descontentamento

“Quando a TV foi adotada pela primeira vez, foi um presente mágico. Os shows uniram nossa cultura e os anúncios alimentaram um boom consumidor aparentemente infinito.

Hoje, porém, os comerciantes transformaram a televisão em um instrumento de insatisfação. Os shows alienam a muitos, porque eles trazem um mundo idealizado e caro para as casas de pessoas que cada vez mais não podem pagar. E os anúncios relembram quase todos que suas vidas estão incompletas e infelizes – a menos que comprem o que está sendo oferecido. Pior, as notícias por TV paga são otimizadas para chocar, assustar e dividir as pessoas que a observam.

A mídia social pode amplificar todos esses ciclos descendentes. São 1000 vezes TV.

Daí uma classe média, milhões de pessoas que seriam tão ricas como reis em qualquer outro momento ou lugar, estão angustiadas e desapontadas e se sentem deixadas para trás. Vítimas de um regime de mídia onde elas são o usuário e o produto.

Toda vez que a TV e as mídias sociais consomem um tempo significativo em uma casa, o prazer aumenta e a felicidade diminui.

A solução é simples e difícil.

Podemos desligá-la.

Se não conseguir o que você precisa ou deseja, desligue-a por algumas horas.”

Este método do marketing moderno de te tornar insatisfeito com o que você é e com o que você tem colide frontalmente com o conselho bíblico.

O Novo Testamento fala mais de uma vez sobre a necessidade de aprender a estar satisfeitos com o que temos (1 Timóteo 6:6-8; Hebreus 13:5; Lucas 3:14).

A satisfação não anula o desejo de melhoria, ela equilibra o nosso coração para não cair na ganância. A satisfação ajuda-nos a usufruir plenamente o que temos para hoje enquanto trabalhamos pacientemente pelo melhor no futuro.

O insatisfeito e ganancioso está sempre olhando para o que tem e desprezando por desejar mais.

Quando nos tornamos condicionados por este descontentamento midiático, nada nos satisfará e dará prazer por muito tempo. O único prazer experimentado pelo insatisfeito é da conquista do bem/prazer desejado. Assim que a compra termina, o prazer termina, pois a insatisfação instalada no coração já faz ele começar a desejar outra coisa.

Essa insatisfação midiática não nos deixa reconhecer a provisão de Deus. Estamos sempre pedindo, mas não entendemos o que recebemos. Não nos tornamos gratos pela vida e provisão que Deus nos dá.

Quando eu era criança havia um segmento de evangélicos conhecido pelo extremismo de proibir a TV, pois dizia que ela era instrumento do diabo para nos desviar de Deus.

Começo a achar que eles tinham razão.

“Senhor, ajuda-nos a desligar-nos do que nos afasta de Ti e ensina-nos a estar satisfeitos com o que recebemos da tua mão.“

2 thoughts on “Insatisfação Midiática

  1. Francisco José Cordeiro Neto disse:

    Paz! Precisamos hoje como igreja resgatar a família e sua convivência….resgatar a paternidade e maternidade…e acaba com os órfãos de pais vivos…

  2. disse:

    Gostei desta fantástica leitura, pois tudo o que li aqui achei ser uma realidade neste mundo que dá mais apreço á TV ou internete do que ao salvador Jesús que deu a Sua vida por todos os habitantes da terra…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *